Arquivo por categoria: Voyager

set 23 2011

Voyager

Olá, no post de hoje vamos falar de uma outra ferramenta da suíte BO que é usada principalmente em combinações num ambiente OLAP. O Voyager. Essa ferramenta pode ser conectado ao BW, ao Universo, a uma outra ferramenta OLAP e está dentro do Portal InfoView.

Abaixo, uma demostração  bem sucinta da ferramenta:

– Entre no InfoView
– Clique em “Novo” > “Espaço de trabalho do Voyager” (ou “Voyager Workspace”).

Caso tenha apresentado a mensagem abaixo:

Entre no CMC:

 E realize o seguinte procedimento:
– Na página principal, procure pelo menu “Conexões do Voyager”  (“Voyager Connections”)

– Clique em “Nova conexão”

– Aparecerá a seguinte tela:


Onde:
1) Defina um nome para a sua conexão.
2) Escolha o provedor desta conexão, no caso, SAP Business Information Warehouse (SAP BW).
3) Preencha todas as informações de conexão ao SAP BW, clique em “Conectar”.
4) Escolha o tipo de autenticação: Prompt, SSO, etc. (No nosso caso, vamos deixar “prompt”).

– Escolha o cubo ou a query:


– Com tudo ok, salve.

– Volte novamente no InfoView e clique em “Novo” > “Espaço de trabalho do Voyager” (ou “Voyager Workspace”).
– Escolha a conexão (no meu caso, chamei de Teste1):

 – Faça a autenticação:

Abaixo, a interface de consulta, como se fosse o painel de consulta de WebIntelligence, por exemplo.

Onde:
1) São as dimensões, que teoricamente estariam num universo, por exemplo.
2) São os índices.
3) Área em que você pode arrastar objetos do tipo dimensão (linhas).
4) Área destinada aos índices (colunas).

– Agora, arraste o objeto dimensão “Região” e o índice “Volume” e veja o resultado a seguir:
– Clicando em “+”, você expande a hierarquia, realizando um drill:

– Você pode também, incrementar a sua visão no Voyager, clicando nos componentes gráficos que fica na barra superior. É só clicar no componente e arrastar.

– Cada componente, tem as suas propriedades específicas.

– Após customizar, salve seu documento do Voyager.

Bom, esse é o básico que a ferramenta Voyager pode fazer, é claro que ele tem muitos recursos que podem ser implementados de acordo com o projeto/negócio.

Uma grande vantagem de utilizar o Voyager é que ele não depende de usar um universo para criar uma consulta baseada no SAP BW (seja cubo ou query).

Até a próxima!